Eugenia Morais

Poemas, sentimentos, contos e textos de amor

Textos

Tempo cruel, vives a voar,
quando estamos juntos, enfim.
Mas, ficas a se arrastar
quando ele está longe de mim!

Que beleza é o luar,
que clareia o nosso amor,
brilho jamais haverá
com tamanho esplendor!



Se no céu pudesse eu mandar
apagaria todas as estrela de lá.
Deixaria só você a fulgentear
com o fulgor do teu olhar!



Quando contigo vou navegar
nas águas do mar sem fim,
os peixinhos aparecem para olhar
os carinhos que fazes em mim!


És tu, ó beija-flor dourado
que na floral madrugada
rouba meu néctar acalorado,
me deixando mais enamorada?

 
Eugênia Morais
Enviado por Eugênia Morais em 25/06/2016
Alterado em 25/06/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras